#7 Heurísticas de Nielsen: flexibilidade e atalhos

Atalhos — escondidos de usuários novatos — podem acelerar a interação do usuário experiente, de forma que o design pode atender tanto a usuários inexperientes quanto experientes. Permita que os usuários personalizem ações frequentes.

👋 Introdução

Você é daqueles que gosta de personalizar seu teclado com atalhos úteis? Ou prefere ir descobrindo atalhos a medida que vai conhecendo softwares e sistemas? De quantas formas diferentes você dar like em uma foto no seu Instagram? A sétima heurística de Nielsen é resultado de uma das mais fascinantes descobertas de UX em interações: o poder da flexibilidade, customização e personalização combinados.

💬 Conteúdo

Se você é um heavy user — termo utilizado para definir um usuário que acessa muitas vezes um determinado aplicativo, produto, sistema ou serviço — do Instagram, você sabe provavelmente sabe que é possível deixar um like simplesmente tocando duas vezes na tela. Assim como também é possível clicar no coração no canto inferior esquerdo de todas as imagens.

Se você acabou de entrar para o Instagram, a plataforma faz um tour rápido em suas ferramentas e, sem explicar muito, te guia a tomar as primeiras ações primárias da plataforma. Dessa forma, ela consegue ser amigável para novos usuários que ainda não conhecem todas as maneiras possíveis de dar um like.

Atalhos no teclado são um excelente exemplo de flexibilidade: computadores permitem que você escolha a melhor forma de interagir com o sistema. Assim, você pode tomar decisões baseado no que é mais confortável e simples para você. Enquanto estava escrevendo nesse Medium, quis deixar alguns itens em itálico, para facilitar a conceituação. É possível fazer isso de duas maneiras — seleciona o texto e clicando no i que aparece imediatamente como opção do Medium ou apenas apertando command + i, no meu teclado. Essa flexibilidade me permite escrever mais rápido e terminar meus textos com mais rapidez — isso porque, atalhos no teclado são aceleradores de usabilidade. Um acelerador pode ser definido como qualquer opção ou ação que acelere uma interação ou processo em um sistema.

Aceleradores existem para que usuários que já tem o costume de usar um determinado sistema, possam desempenhar suas tarefas mais rápido, aumentando sua produtividade e, consequentemente, a percepção de eficiência do seu produto.

🙃 Conclusão

A sétima Heurística de Nielsen está intimamente relacionada a capacidade dos sistemas de conseguir acelerar ações frequentes de usuários e permitir que estes customizem serviços. Bons sistemas são conhecidos por serem flexíveis e rápidos para heavy users e amigáveis para novos usuários. Quando empregamos a sétima heurística de maneira correta, usuários frequentes não são desacelerados por um sistema que utiliza apenas modelos mentais básicos — e novos usuários não se sentirão sobrecarregados por um tutorial complexo e cheio de informações.

Designful content for bold UX Designers 💬

Designful content for bold UX Designers 💬